Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

O Amigo de Cristina

Manuel Luís Goucha vai passar a ocupar o horário das tardes da TVI com o talk show "Goucha".

A escolha do nome do programa foi alvo de um forte brainstorming entre Cristina Ferreira e a sua equipa criativa.

Cristina Ferreira - Bem malta, sei que estamos aqui para arranjar um nome para o programa do Goucha, mas já pensei no assunto e já arranjei um excelente. Vejam bem... Que tal simplesmente "Goucha"?

Equipa - Mas Cristina...

Cristina Ferreira - Não é genial e inovador? O nome do apresentador como nome do programa da tarde. Nunca ninguém deve ter pensado nisto.

Equipa - Err... Tipo o "Júlia"? Na SIC?

Cristina Ferreira - Ah raios. Esperem então. E que tal "O Programa do Individuo que Partilhou as Manhãs com a Cristina"?

Equipa - Cristina... Isso é demasiado longo. Nós também estivemos aqui a pensar num nome...

Cristina Ferreira - Esperem, esperem, vocês não percebem como isto funciona. Olhem esta... É brilhante, "O Amigo de Cristina". Hein?

Equipa - Vamos pelo "Goucha" então. É melhor.

Cristina Ferreira - Eu bem disse! A minha ideia inicial era mesmo a melhor. Nem sei para que tivemos esta reunião.

O Futuro é muito parecido ao Passado

Ontem a TVI promoveu uma espécie de Inception de programas. Realizou um programa ("O Futuro") para anunciar os novos programas.

Cristina Ferreira

Cristina Ferreira, com um look inspirado em Emma Frost dos X-Men e a aproveitar para fazer um vestido e umas luvas com os restos do papel-alumínio utilizado para fazer o cenário do seu programa, revelou as principais mudanças que vão ocorrer na grelha do canal no início de 2021.

A Diretora de Ficção pegou em toda a sua imaginação e delineou um futuro inovador. Um futuro tão inovador que consiste em mais um Big Brother, uma nova novela e um rodar de cadeiras de apresentadores.

Neste último caso temos Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz (provavelmente uma das pessoas mais competentes daquela estação a finalmente ter uma oportunidade que se coaduna com as suas capacidades) a irem fazer as manhãs. Manuel Luís Goucha a ir fazer as tardes. Fátima Lopes, qual Michael J. Fox em o "Regresso ao Futuro", vai saltar para o passado 26 anos e fazer uma nova versão do "Perdoa-me". Tudo muito à frente.

Cristina Comvida

No final, apareceu uma referência a um possível novo projecto de Cristina Ferreira chamado Cristina Co(m)vida. Com este nome julgo que será um programa em que a toda-poderosa da TVI traz infectados com COVID-19 e os cura em directo. Só pode. Mesmo assim não é uma grande inovação, porque já fez algo semelhante quando trouxe a Bárbara Bandeira ao Dia De Cristina, só não a curou em directo.

Resumindo, de uma forma geral, o Futuro é muito parecido ao Passado.

Assim é fácil

Estive a ver a entrevista de André Ventura ao Miguel Sousa Tavares na TVI e, digam o que disserem, o CHEGA! vai ganhar mais uns milhares de votos. E vai continuar a ser assim a cada tempo de antena que o André Ventura tenha, em particular na televisão e em horário nobre.

André Ventura sabe bem o que deve dizer. Para além disso, tem todo o andamento dos vários programas de comentário desportivo na CMTV. Só com entrevistadores mais preparados é que vão lá.

A frase que mais me chamou a atenção durante a entrevista foi a seguinte:

Dizer isto até me pode custar votos.

Não André. Dizer o que a maioria das pessoas quer ouvir não custa votos. A isso é o que se chama populismo e demagogia. E é o que dá bastantes votos.

Assim é fácil.

A Paixão de Cristina

Cristina Ferreira

Cristina Ferreira esteve no programa 'Você na TV', depois de duas semanas em isolamento profilático após contacto com um infectado com COVID-19, a partilhar a sua experiência. Finalmente tivemos alguém para explicar-nos tudo o que é preciso saber sobre a COVID-19!

Andámos estes 8 meses com dezenas e dezenas de jornalistas, cientistas, médicos, enfermeiros, políticos, a falar e a explicar de tudo um pouco relacionado com a doença, o vírus e afins, mas ninguém percebia nada do que se referiam. Agora sim, tudo vai ficar esclarecido e isto vai melhorar. Graças ao testemunho de Cristina Ferreira.

Devo dizer que senti profundamente a dificuldade que é ficar 14 dias em casa, sem sequer estar infectado. É algo que não é para todos. Obrigado Cristina por te teres sacrificado por todos nós, qual Jesus Cristo, para agora poderes vir dar o teu testemunho.

Pelinhos

Na última emissão do programa Dia de Cristina, Fátima Lopes foi uma das convidadas e esteve à conversa com Cristina Ferreira.

Enquanto Fátima Lopes cozinhava um belo arroz de bacalhau, Cristina Ferreira do alto da sua inteligência decidiu perguntar se o filho de Fátima Lopes já tinha "pelinhos e aquelas coisas todas da adolescência". Fátima Lopes retorquiu dizendo que não ia falar disso, porque o filho tem direito à privacidade dele e não iria para a televisão contar a vida dele.

Não entendo o desconforto da Fátima Lopes. É perfeitamente normal estar-se a falar dos pêlos púbicos de uma criança na televisão. Acho até que a Cristina Ferreira poderia ter insistido e perguntado "Oh Fátima, o teu filho já pinta?" ou "Oh Fátima, já apanhaste o teu filho a espancar o macaquinho?". Era informação que todo o público deveria ficar a saber.

A Fátima Lopes esteve mal. Ela já está na televisão há tempo suficiente para saber que os direitos do filho dela não estão acima dos direitos dos telespectadores da TVI em saberem informação privada irrelevante.

No entanto, uma vez que não ficámos a saber sobre os pelinhos do filho da Fátima Lopes, no meio disto tudo, ao menos outra informação relevante ficou visível para todos. Ficámos a saber que a distância entre a SIC e a TVI não é assim muito grande, mas foi a suficiente para a Cristina Ferreira ter deixado a noção fugir algures ali pelo meio durante a mudança.

Já estou a imaginar, a noção da Cristina Ferreira, coitada, tão pequenina, ali perdida algures por Barcarena ou Queijas, sozinha, sem saber o que fazer.

Portanto, pessoal da zona de Oeiras, tenham atenção e se virem a noção da Cristina Ferreira a deambular por aí, façam o favor de a avisar. Temos de ser uns para os outros.

SIC vs TVI - Fight! - Round 2

vip-pt-50761-noticia-cristina-ferreira-cheia-de-gl

Mais um dia, mais uma luta pela liderança na televisão generalista em Portugal. Mais uma vez, SIC vs TVI. Desta vez, "O cancro de Marco Paulo" vs "A Nossa Senhora das Televisões".

No entanto, desta vez não posso dizer que tenha escolhido por um ou por outro. Fiz um pouco de zapping entre ambos só para espreitar o que se passava e não fiquei convencido com nenhum.

Ter a SIC a pegar no cancro do Marco Paulo para combater a estreia do novo programa da Cristina Ferreira é logo de altíssimo nível... Sabem aquela frase famosa de não se dever lutar com porcos, porque ficamos todos sujos e o porco gosta? Pois, a SIC não deve conhecer. Decidiu atirar-se para a lama com toda a força para lutar pelas audiências.

Verdade seja dita, desse por onde desse, hoje não há grande volta a dar, hoje é o Dia de Cristina, a SIC podia era não perder a noção e aguentar o embate.
Falando do pouco que vi do novo programa da Cristina, fiquei sem perceber o porquê de ser a Jessica Rabbit a apresentar o programa. Não era suposto ser a Cristina Ferreira?

Depois o cenário... Também não percebi. Quando o vi pensei «Epá, já são dez da noite? O tempo passou a voar hoje.". É estranho imaginar a Senhora da Televisão, Cristina Ferreira, tão inovadora, tão à frente, tão tudo tudo, e ir buscar o cenário do Star Trek. Com a sala de teletransporte incluída e tudo.

De resto, o conteúdo, tudo me pareceu igual ao de sempre. As mesmas rubricas, as mesmas pessoas, tudo embalado numa bola enorme de papel-alumínio. A parte positiva é que fiquei a saber o porquê de não ter conseguido encontrar papel-alumínio da última vez que fui ao supermercado. A Cristina Ferreira esgotou o stock todo existente na zona de Lisboa e arredores para fazer o cenário.

Isto do zapping entre os canais deu também para perceber que a SIC e a TVI têm a frequência dos canais demasiado próximas. É que mesmo quando mudava para a SIC continuava a ouvir os gritos da Cristina a saírem pela televisão.

Da parte da tarde, do lado da SIC, iremos continuar a ter o cancro do Marco Paulo para manter os ânimos em alta, não vá uma pessoa ficar desanimada com os números da COVID-19.

Do lado da TVI, o primeiro grande convidado de Cristina Ferreira, Jorge Jesus. Vai ser interessante vê-los a trocar notas de como deixar as entidades patronais na mão de um dia para o outro. Só não sei como os egos da Cristina Ferreira e do Jorge Jesus vão caber juntos no mesmo estúdio.

SIC vs TVI - Fight!

angel-o.jpg

Ontem foi uma noite em grande na luta pela liderança na televisão generalista em Portugal. SIC vs TVI. "O rabo mais vigiado de Portugal" vs "A casa mais vigiada de Portugal".

A minha escolha foi pelo primeiro. Haver ainda tanta gente a ver o Big Brother em 2020 é um mistério para mim. É como ir ao jardim zoológico, ninguém vai lá todas as semanas para ver sempre os mesmos animais.

O documentário sobre a recuperação do Ângelo Rodrigues foi interessante. Ele contou «a sua verdade» (afirmação do próprio), relatando o que lhe aconteceu desde ter sido internado até agora à recuperação praticamente total. Não teve muito daquele aproveitamento escandaloso e sensacionalista como era meu receio que pudesse acontecer. Foi bom ver que o Ângelo levou aquilo para a frente e não teve medo da realização do documentário, mas também é verdade que só quem tem cu é que tem medo.

Podemos dizer que a injecção que o Ângelo Rodrigues deu a si próprio foi mau, mas ainda assim o álbum de música que lançou como Angel-O continua a ser a pior coisa que lhe aconteceu. Sem dúvida.

Deixando o humor negro agora um pouco de lado, é incrível ver como um rapaz inteligente como o Ângelo Rodrigues causou aquilo a si próprio. Mas também é bom ver que teve sorte e conseguiu lutar para superar as dificuldades na recuperação.

Todos nós cometemos erros ou temos decisões que nos arrependemos na vida e é difícil ficarmos marcados para sempre por eles.

Paineleiros futebolísticos desempregados

A SIC e TVI decidiram acabar com os programas com comentadores afectos a clubes.

Excelente notícia para todos os verdadeiros amantes de futebol, que são poucos. Má notícia para todos aqueles que só gostam de meter veneno e contribuir para um clima tóxico no futebol nacional. Péssima notícia para Pedro Guerra que, pertencendo ao segundo grupo, andou a perder peso para deixarem de gozar com ele e agora tiram-lhe o palco na televisão.

Como a CMTV gosta de sangue e de audiências, provavelmente não vai seguir o mesmo caminho. Portanto, imagino que muitos destes paineleiros desempregados possam acabar por ir lá parar.

Deixo aqui a minha sugestão para que a CMTV possa aproveitar. A criação de um canal novo, CMTV 2, em que dá um programa ininterruptamente, 24 horas por dia 7 dias por semana, de comentário sobre futebol, em formato tag team, em que os comentadores dos clubes vão debitando porcaria sem parar e quando estiverem cansados ou aflitos vão-se revezando.

Ideia claramente vencedora.

Toureio televisivo

touradas.JPG

Defensores das touradas, digo desde que já não sou apoiante da vossa causa, mas, se querem ser levados minimamente a sério, evitem ao máximo ter o Miguel Sousa Tavares a defender as touradas.

Eu estive a ver o debate sobre o financiamento público à tauromaquia entre a deputada do PAN Inês Sousa Real e o Miguel Sousa Tavares na TVI e tê-lo a falar é o melhor argumento anti-touradas possível. Quem é que no seu perfeito juízo compara uma tourada a uma galinha picar um pintainho? Ou a periquitos presos na gaiola?

O argumento também de que se acabarem as touradas deixam de existir touros de lide é lindo. Portanto, ora toca a criar touros de lide exclusivamente para serem mortos em touradas. Boa lógica Miguel, vamos manter uma espécie só para a podermos matar. Faz sentido...

O PAN é um partido excelente para se poder bater, porque tem ali por detrás alguns ideais meio radicais, mas vir com argumentos destes para cima de um tema em concreto é surreal. É que a deputada do PAN nem sequer foi totalmente aniquiladora no seu desempenho argumentativo. Teve ali várias lacunas. Mas ter um interlocutor a debitar vários argumentos trogloditas facilita muito o trabalho.

É caso para dizer que o Miguel Sousa Tavares já estava com tantas saudades de touradas que até se prestou a ser toureado em pleno horário nobre da televisão nacional. E as bandarilhas foi ele que as espetou nele próprio. Olé!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D