Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Um bom homem

Jorge Sampaio

Dos Presidentes da República que exerceram desde que nasci já se foram Mário Soares e agora Jorge Sampaio. Se isto continuar a seguir a ordem, Cavaco Silva será o seguinte. Não comecem a pensar que estou a desejar mal ao Cavaco Silva, longe disso. Parece ser apenas a ordem das coisas.

Para mim, quando morre um Presidente da República, sinto que morre um bocadinho de Portugal. Isto parece uma afirmação um bocado parva, mas o que quero dizer é que cada Presidente simboliza determinada era na evolução do país e dos portugueses. Cada um deles desaparece, é como se essa era que eles simbolizam também estivesse a desaparecer.

Sobre a partida de Jorge Sampaio não vou escrever muito, apenas o seguinte. Jorge Sampaio foi advogado e político, duas das profissões mais odiadas de sempre. Ainda assim, a quantidade de elogios que está a ser alvo pelas mais variadíssimas fontes dos mais diversos quadrantes demonstra que era uma figura ímpar e, acima de tudo, um bom homem. Não é para qualquer um.

O caminho faz-se calcetando

tino_presidente.jpg

O grande Vitorino Silva aka Tino de Rans conseguiu os seus debates com os restantes candidatos no Porto Canal e acaba agora de conseguir que a RTP se mostrasse disponível para alargar a sua grelha de debates televisivos de forma a inclui-lo também. Esta, mais do que uma vitória de Tino de Rans, é a verdadeira vitória da democracia e do povo Português que se uniu em torno desta candidatura.

Agora Tino, não nos deixes ficar mal, porque como o também grande Jesus Cristo dizia: «Com grande poder vem grande responsabilidade». Mostra-lhes quem és e que tens uma candidatura séria. Diferente, mas séria. Sem medos. O caminho faz-se calcetando.

Portugal Com Tino

Tino de Rans

Ontem, Vitorino Silva, mais conhecido como Tino de Rans, apresentou nove mil assinaturas para formalizar a candidatura às eleições Presidenciais.

Agora quero ver a comunicação social, em particular as televisões, convidarem o nosso grande Tino para também ter direito às suas entrevistas e aos seus debates. Numas eleições para o cargo de Presidente da República não faz sentido haver candidatos de primeira e candidatos de segunda, todos devem ter direito às mesmas oportunidades de falarem e aparesentarem as suas ideias.

Se praticamente todos os candidatos falam como se estivessem a concorrer para um outro qualquer cargo que não o de Presidente da República, Tino de Rans tem igualmente o direito de dizer o que bem entender.

Apesar de não ter sido num canal generalista, a TVI24 já lhe deu um pouco de palco ontem à noite. Infelizmente, foi ao mesmo tempo que o jogo do Benfica com o Porto. Fiquei bastante arrependido de ter perdido o meu tempo a ver o Benfica quando podia ter visto o Tino em directo. No entanto, pelo que já estive a ver, ao menos mostrou-lhes como era. De todas as entrevistas de candidatos até ao momento, foi provavelmente a melhor conduzida e a mais interessante.

Esta campanha tem de ser construída assim, pedra a pedra, como uma calçada. Sem medos. Por um Portugal com Tino!

Agora sim, as Presidenciais vão começar

Ontem foi um dia bastante mexido no que diz respeito às eleições para a Presidência da República.

A meio da tarde tivemos Marcelo Rebelo de Sousa a anunciar a sua candidatura. Senti mesmo o sofrimento dele a anunciar a sua recandidatura à Presidência da República. Ele nem queria, mas é pela pandemia, pela crise económica e social, pela vizinha do 3º Dto. É por tudo, menos por ele. Coitado do Marcelo.

Esqueceu-se foi de referir o principal motivo que o levou a recandidatar-se. Com isto dos confinamentos e distanciamentos sociais, não conseguiu cumprir a meta de tirar uma selfie com cada um dos Portugueses durante o primeiro mandato.

Devo dizer que estou ansioso e expectante por ver o debate entre o Marcelo Rebelo de Sousa e o André Ventura. Vai ser Populista do Bem Vs. Populista do Mal. Aposto que será engraçado.

Depois, por volta da hora de jantar, na TVI, tivemos Marisa Matias a ser "entrevistada" por Miguel Sousa Tavares. As aspas no "entrevistada" são porque na realidade aquilo o Miguel Sousa Tavares tem feito todas as semanas não é bem uma entrevista. Ele faz uma pergunta, o entrevistado começa a responder e ele vai interrompendo constantemente até passar a nova pergunta.

O ponto mais surpreendente da entrevista foi saber que Marisa Matias é social-democrata. Ora aí está uma coisa que não estava à espera de a ouvir dizer. Ser social-democrata deve ser gostar de socializar e de democracia. Se é isso, estou dentro. Quer dizer... pensando melhor, com a Covid, é melhor deixar o socializar para mais tarde.

Esta foi a quarta entrevista que vejo do Miguel Sousa Tavares aos candidatos à Presidência da República. Esta foi a quarta vez que nem entrevistador nem entrevistado falam sobre a candidatura à Presidência da República nem sobre o que pretenderiam fazer se forem eleitos Presidente da República. É estranho e faz-me pensar que ou nenhum deles sabe para o que se está a candidatar ou então tanto faz ser qualquer um e, por isso mesmo, bem pode ficar lá o Marcelo na boa e sem problemas.

Pelo menos, todos os candidatos estão lançados, agora sim, as Presidenciais vão começar.

Por uma Presidência com tino

Num dia em que saiu mais uma sondagem sobre as Presidenciais que dá vitória a Marcelo Rebelo de Sousa na primeira volta e segundo lugar a André Ventura, vejo-me forçado a avançar o meu apoio a um candidato.

Tino de Rans

Exacto, Vitorino Silva, mais conhecido como Tino de Rans. Um candidato a Presidente da República sem rabos-de-palha e agendas escondidas. É verdade que também não deve ter agenda, mas ao menos não tem agendas escondidas.

Se forem a ver bem, André Ventura foi adjectivando todas as candidaturas que foram sendo lançadas, mas a candidatura do Tino de Rans é tão forte que nem se atreveu a adjectivá-la.

O grande candidato à Presidência da República e Marcelo Rebelo de Sousa
O grande candidato à Presidência da República e Marcelo Rebelo de Sousa

O Tino de Rans é tão espectacular que foi ter uma audiência com o Presidente da República e foi o próprio Marcelo Rebelo de Sousa quem lhe pediu para tirar uma selfie.

Já li pessoas a desdenhar a candidatura do grande Tino com o argumento de que se o Presidente da República é o Comandante Supremo das Forças Armadas, no caso de entrarmos em guerra, quem é que quereria o Tino de Rans a comandar. A resposta a isto é clara. Eu. De todos os candidatos é provavelmente o único que foi à tropa.

Nem de propósito, esta manhã, Tino de Rans foi à SIC ao programa Olhó Baião!. Tino enviou mensagens políticas fortíssimas e espero que os portugueses as tenham captado.

Tino de Rans no Olhó Baião!

Tino cantou o seu grande sucesso "Pão Pão, Fiambre Fiambre" no qual é referido o seguinte:

Pão com manteiga é tão bom, mas com fiambre ainda é melhor

Esta uma clara alusão a Marcelo Rebelo de Sousa que é a manteiga, mas ele, Tino de Rans, é o fiambre. Tino não vai deixar faltar o pão aos portugueses.

Por uma Presidência com tino, votem Vitorino Silva. #Tino2021 #PresidenTinoDeRanspública

Não gostas? Mete à borda do prato

marcelo_2.JPG

Marcelo Rebelo de Sousa foi hoje interpelado por uma cidadã durante a inauguração da Feira do Livro no Porto (podem ver o vídeo).

Foi um belo momento, claramente espontâneo e nada planeado. Não foi uma tentativa de provocar um confronto com o Presidente da República nem nada. A mandar para o ar umas frases cheias de demagogia e outras falsas, sem deixar o Marcelo responder, para tentar gerar ali qualquer coisa enquanto mantinha o telemóvel em riste a gravar a conversa. Se fosse o António Costa, existia sempre a possibilidade de se virar para lhe dar uma lamparina, mas o Marcelo sabe muito disto.

Eu nem sou particular fã da presidência de Marcelo Rebelo de Sousa, mas ele esteve bem. Praticamente na única resposta que conseguiu dar à mulher em 15 minutos foi bem claro. Não gosta de como o Governo está a governar? Mete à borda do prato, ou seja, convença os portugueses a votar noutro Governo. Simples, é assim a democracia. Quem governa é o Governo e quem legisla é a Assembleia da República, nenhuma destas funções são as do Presidente da República.

Se fosse um cidadão descontente que quisesse ter um diálogo com o Presidente da República para apresentar as suas preocupações eu não seria de acordo com esta resposta, mas quem vem com frases populistas e demagógicas claramente com um segundo intuito merece levar respostas destas. Só ficou mesmo a faltar no final perguntar-lhe se queria também tirar uma selfie, já que esteve ali com o telemóvel em riste a gravar durante toda a interpelação.

Spin-off dos livros da Anita

Marcelo vai ao supermercado.

Marcelo vai ao restaurante.

Marcelo vai ao Infarmed.

Marcelo vai à praia.

Marcelo vai à feira.

Marcelo vai à livraria.

Marcelo vai passar uma noite num hotel.

Marcelo vai ao espectáculo do Bruno Nogueira.

Marcelo vai ao festival de teatro em Almada.

Marcelo vai ao cinema.

Nós agora mais que um Presidente da República, temos um spin-off dos livros da Anita.

O Mundo ao contrário

Ora cá está, Portugal no seu melhor.
Ou então foi tudo propositado e isto é uma mensagem que pode ter várias interpretações:
  • Significa que Portugal está sobre controlo estrangeiro e está a precisar de ajuda.
  • Significa que Portugal está de perna para o ar e como tal a bandeira está na posição correcta. As pessoas é que estão ao contrário.
  • Significa um sinal de protesto contra o fim do feriado do 5 de Outubro.
  • Significa que somos governados por um bando de bestas incompetentes que nem sequer sabem olhar para um bandeira e ver que está ao contrário
  • ...
Já agora fica aqui uma pequena nota sobre o Artigo 332.º do Código Penal, que se refere ao ultraje de símbolos nacionais e regionais.
Quem publicamente, por palavras, gestos ou divulgação de escrito, ou por outro meio de comunicação com o público, ultrajar a República, a Bandeira ou o Hino Nacionais, as armas ou emblemas da soberania portuguesa, ou faltar ao respeito que lhes é devido, é punido com pena de prisão até dois anos ou com pena de multa até 240 dias.
Mas pronto, estamos em Portugal, no pasa nada. Se não é pela merda que fazem todos os dias que são julgados criminalmente, não seria por uma bandeira invertida que o seriam.

Eleições Presidenciais 2011

Desde que tenho a possibilidade de votar esta é a eleição que mais indiferença me tem causado. Primeiro, porque, no geral, os candidatos não me convencem. Segundo, porque sendo Cavaco Silva o actual presidente é quase certo que será reeleito infelizmente para um segundo mandato como a história até ao momento pode comprovar. Apesar disso dia 23 de Janeiro vou votar, nem que seja para ter a consciência tranquila para dizer que não foi por mim que Cavaco Silva é Presidente da República Portuguesa.
Desde que nasci, Cavaco Silva esteve 15 anos no poder (10 como primeiro-ministro e 5 como presidente da República), por isso se o país está como está muito se deve a esse senhor. Olhando apenas para o seu mandato como presidente da República fez folclore em situações secundárias para o país e em situações mais críticas manteve-se calado.
Agora faz uma campanha nojenta como se não tivesse sido o presidente nestes últimos 5 anos, dando a entender que "agora é que é". Parece que, qual rei D. Sebastião vindo do nevoeiro, será o salvador de Portugal, colocando-se para isso vitorioso em cima do carro. Passou uma campanha inteira sem responder às questões mais incómodas e utiliza terceiros para atacar outros candidatos, conseguindo com isso enganar os mais desatentos e manter a sua aura de pessoa honesta, humilde e séria.
Agora no final da campanha faz uma vergonhosa chantagem com os portugueses dizendo que uma 2ª volta é mau para o país, aumentando os custos despendidos e supostamente também os juros da dívida. O candidato que até agora estava a receber 2 reformas no valor total de 10.042 euros mensais acumulando a isso o vencimento como Presidente da República de 7.415 euros mensais e que tem o orçamento de campanha largamente maior (2.120.000 euros) é que vem com essa conversa? Bem se pode ir lixar mais a sua demagogia barata.
Uma das outras coisas que me faz confusão é que olho para Cavaco Silva e vejo Salazar. É estúpido eu sei, mas acredito que muitas outras pessoas tenham o mesmo sentimento. No entanto, esse sentimento que a mim faz-me não gostar de Cavaco, em grande parte do eleitorado mais velho (mais de 50 anos) provavelmente fá-lo-á ser eleito. Acredito mesmo que se Salazar estivesse vivo e concorresse à Presidência da República ganharia com maioria. Não havendo Salazar parece que ficamos por Cavaco.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub