Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Nojo

Após os partos em directo a inaugurar o programa conduzido por Conceição Lino nas tardes da SIC, é a vez do formato matutino do canal, "Companhia das manhãs", lhe seguir as pisadas com uma protagonista mediática. A partir de segunda-feira, e ao longo da semana, o conteúdo de entretenimento acompanhará um leque de intervenções cirúrgicas a que Maya se sujeitará no Porto.
Os procedimentos médicos em causa prendem-se com motivações estéticas, sendo que será feita a cobertura em directo de um implante mamário que a empresária decidiu levar a cabo.
Interrogada se tal exposição não fere a sua privacidade, responde: "Sim. Aliás invade mesmo a intimidade, mas é algo consciente da minha parte. O corpo é meu". E concretiza, aludindo à mensagem que é seu intuito veicular: "Quando tinha 20 anos, achava que aos 45 teria as "pantufas calçadas". Hoje, com 51 anos, quero provar que não é de todo assim".
É justamente um repto de esperança dirigido às mulheres da sua faixa etária que a conhecida taróloga quer lançar com esta iniciativa. "Trata-se de um testemunho do meu posicionamento perante a vida. Nunca é tarde para as pessoas se sentirem bem, devendo ser preventivas e não correctivas".
Maya deixa bem claro que se "expõe de bom grado", já que "tudo será feito com dignidade", e mais acrescenta que "questões éticas estarão salvaguardadas". in JN
Pior do que a Maya fazer isto (vindo de quem vem já é normal), é a SIC estar a seguir este caminho nojento e vergonhoso.

RIP FHM

A edição portuguesa da revista masculina FHM vai deixar de ser publicada, anunciou hoje o grupo Impresa, detentor da licença de publicação da revista em Portugal, alegando quebras nas vendas e em publicidade.
 
"A Impresa Publishing decidiu não renovar o contrato com a editora britânica Bauer, que lhe permitia publicar a edição portuguesa da revista FHM - For Him Magazine", refere a Impresa num comunicado hoje divulgado.
 
"Uma erosão em termos de vendas e uma queda relativamente às receitas publicitárias", e a "apropriação dos seus conteúdos por vários sites da Internet que reproduzem fotografias da publicação, muitas vezes antes da mesma chegar às bancas", são razões apontadas pela empresa para a decisão.
 
No comunicado, a empresa lembra que "estes fatores levaram já ao encerramento de várias edições locais da FHM, como foi o caso da edição nos Estados Unidos da América, e em vários países, as edições locais têm sofrido quebras acentuadas de venda, nomeadamente no Reino Unido, onde a FHM foi criada".
 
A última edição da FHM portuguesa chega às bancas no dia 25 deste mês.
 
A empresa garante que "a maior parte da redação da FHM - composta por cinco pessoas - será recolocada noutras áreas da Impresa Publishing". em ionline
O que seria de esperar de uma revista deste género que coloca a Maya como capa? A resposta está aí. Menos de um ano após esse trágico acontecimento o fim da FHM portuguesa chegou. Tivessem pensado antes nas consequências.

Maya @ FHM Agosto 2009

O drama... o horror... a Maya na FHM...
Não sei o que se passou com a FHM, mas eles devem estar doidos. Já devem estar fartos de vender revistas e decidiram por isto, é a única explicação.
 
AVISO:
O conteúdo das imagens que se seguem pode ferir susceptibilidades, não sendo por isso aconselhado a menores de 18 anos, nem a pessoas sensíveis.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Maya e Playboy = mistura explosiva

A primeira edição portuguesa da "Playboy" só está nas bancas desde sábado, mas já tem dado muito que falar. A escolha de Mónica Sofia para a capa foi aprovada por algumas pessoas, mas para outras, como Maya, foi uma má opção.
 
Em declarações ao "Correio da Manhã", a apresentadora reforça o facto de Mónica Sofia ter sido "corajosa em aceitar o convite", mas "para número 1 está fraco", argumentando tratar-se de uma "produção pouco ousada".
 
"A capa é pobrezinha. A Mónica tem um corpo maravilhoso, mas está em início de carreira. Como não optaram por uma capa ousada, podiam ter apostado numa pessoa mais velha, uma diva. Foi uma má opção", explica a apresentadora do "Contacto". E ela própria, seria uma opção mais feliz? Maya não tem dúvida: "Acho que eu daria uma melhor capa. Mas nunca me iria despir, principalmente pelo meu filho", justifica.
 
Maya também não poupa críticas à festa da "Playboy", que decorreu na passada quinta-feira no Budha Lisboa. Decepcionada, a taróloga assinala a falta de organização: "A Mónica deveria ter chegado de limousine e ser recebida por alguém da revista. Mas veio no carro dela e eu fui buscá-la à porta, porque não havia ninguém para o fazer. Tudo foi feito sem cabeça, tronco e membros". in Portal Fama
Desconhecia que a Maya, para além de taróloga, apresentadora, relações públicas e sabe-se lá mais o quê, era também humorista. A Maya melhor capa da Playboy do que a Mónica Sofia? Esta é sem dúvida a melhor piada que ouço desde há algum tempo.
Um segundo pormenor delicioso é o facto dela dizer que nunca se iria despir, principalmente por causa do filho. Eu compreendo perfeitamente que o filho ficasse chocado em ver a mãe nua (eu próprio se visse a Maya nua ficaria chocado), agora alguém me explique o raciocínio da Maya: revista com fotos da operação às mamas = normal para o filho; revista com fotos minhas nua = não faria por causa do filho.
 
A única coisa que conseguiu acertar foi nesta declaração: "A capa é pobrezinha. A Mónica tem um corpo maravilhoso, mas está em início de carreira. Como não optaram por uma capa ousada, podiam ter apostado numa pessoa mais velha, uma diva. Foi uma má opção".

Teoria evolucionista

Acho que o próprio Charles Darwin teria bastantes dificuldades em conseguir explicar a evolução nas apresentadoras do programa Contacto, na SIC. Com a passagem de Rita Ferro Rodrigues para Ana Rita Clara foi uma evolução natural comparável à do Homo sapiens neanderthalensis para o Homo sapiens sapiens, mas agora com a vinda da Maya foi voltar aos Australopithecus.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D