Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Toca a circular, não há nada para ver aqui

arbitragem.jpg

Mais uma jornada e continua tudo dentro da normalidade no futebol português.

Confusão no final do jogo entre o Braga e o Sporting? Ui, que surpresa. Benfica a não jogar nada contra o Santa Clara? Também bastante surpreendente. Sérgio Conceição expulso e agressões a operadores de câmara no final do jogo entre o Moreirense e o Porto? Realmente, nunca visto...

Anos e anos disto e ninguém está realmente preocupado. O que interessa aos adeptos é se a sua equipa ganha ou não. E, de uma forma geral, quando a sua equipa não ganha, os adeptos dos três grandes são assim:

Sportinguistas - A culpa é do Varandas.

Portistas - A culpa é dos árbitros, dos jornalistas e do Benfica.

Benfiquistas - A culpa é dos árbitros, dos jogadores, do Jorge Jesus, do Vieira, do tratador da relva, do motorista do autocarro, da Covid, ...

É assim.

E o que chateia mais do que a sua equipa não ganhar? Só a de um adversário vencer. A classificação de um campeonato é justa exclusivamente se a vencedora for a equipa pela qual se torce. Tudo o resto é porque os outros foram ajudados deliberadamente, está tudo feito e é tudo contra o nosso clube. É sempre assim.

Depois temos Apitos Dourados, e-toupeiras, invasões a Academias, agressões entre adeptos, autocarros apedrejados, etc, etc, etc, e aparentemente não há problema algum. Qualquer adepto genérico acha que por os outros clubes fazerem porcaria então está também justificada a porcaria que o seu clube faz. É curioso que na vida normal ninguém pensaria "Se o meu vizinho matou uma velha, eu também posso matar uma velha e ninguém tem nada a ver com isso", agora no futebol arranja-se qualquer desculpa para justificar ou minimizar os erros dos que nos dizem mais.

É muito estranho que se desculpe constantemente os erros próprios com os erros dos outros. Eu gosto muito de ver o meu clube ganhar, mas, mais do que isso, gosto que as pessoas associadas a ele tenham um comportamento exemplar dentro e fora das quatro linhas. Não me dá prazer algum ver atirarem lama para o símbolo do clube de cada vez que há um incidente. É que as pessoas desaparecem do clube, mas o clube ficará para sempre com os casos associados ao seu nome.

Seria realmente interessante começar a ver os clubes a serem castigados a sério. Por exemplo, com perda de pontos cada vez que determinados casos acontecem. Das duas uma, ou íamos ver mudanças no comportamento das pessoas ou íamos ver Benfica, Porto e Sporting a descer de divisão ou a lutar para não descer. Ia ser mesmo bastante interessante.

Entretanto, como nada disto é feito, lá teremos de aguentar aqui com o tugão. Onde é "Toca a circular, não há nada para ver aqui".

Salvadores

Florentino Perez

Ontem, Florentino Pérez, primeiro presidente da Superliga Europeia e também presidente do Real Madrid, um dos clubes fundadores, falou pela primeira vez sobre esta nova competição.

No programa Chiringuito, o dirigente espanhol explicou o motivo da criação da Superliga:

Não é uma liga para os ricos, é uma liga para salvar o futebol. Esta competição quer salvar o futebol e salvar os clubes mais modestos, porque senão desaparecerá o futebol.

Entretanto noutras notícias:

Windoh: "Criámos os cursos de criptomoedas para salvar as finanças das pessoas."

André Ventura: "Criámos o CHEGA! para salvar Portugal."

Josef Fritzl: "Criámos a cave para salvar a minha filha."

Salazar: "Criámos a PIDE para salvar a Democracia."

Hitler: "Criámos os campos de concentração para salvar os judeus."

Cristiano Ronaldo + Messi = Seferovic

Seferovic

Eu não sei o que fizeram ao Seferovic, mas o homem está maluco. É golo atrás de golo.

Qual Messi, qual Cristiano Ronaldo, qual Neymar, qual Mbappé, qual Lewandowski. Seferovic melhor jogador do Mundo. Quando até dá um golo a marcar ao Darwin está tudo dito.

O Seferovic destruiu completamente o Paços de Ferreira. Parecia o Ivo Rosa ontem com o Ministério Público.

Racismo Não

Racismo Não

O jogador Racismo Não tem estado incrível nesta jornada do campeonato português de futebol. Parece que está em todo o lado do campo ao mesmo tempo e farta-se de marcar golos. A jogar assim prevejo uma transferência muito em breve para uma das grandes equipas europeias.

Pareceu-me foi um bocado racista o Racismo Não ter levado cartão amarelo e cartão vermelho.

Vai ser bastante bom que, assim que esta jornada terminar, acabou-se o racismo em Portugal.

Só não sei como nunca ninguém se tinha lembrado de uma coisa destas. Medidas efectivas para punir quem tem comportamentos racistas? Que estupidez! Para quê fazer isso quando se pode mudar os nomes nas camisolas e resolver tudo. Os racistas vão ver os jogadores com os nomes a dizer Racismo Não, cair em si e deixar de ter comportamentos discriminatórios. Fim do racismo. E tudo graças à Liga Portugal.

Navegante da Choupana

Rita Pereira - lua

Rita Pereira protagonizou esta sexta-feira um momento insólito nas redes sociais, quando ao partilhar uma foto no hotel onde se encontra hospedada na ilha da Madeira confundiu a Lua com a iluminação do Estádio da Choupana, onde o Nacional jogava diante do Marítimo.

Devo dizer que não é surpreendente. Se me perguntassem pessoas em Portugal que podiam confundir os holofotes de um estádio com a Lua, Rita Pereira estaria logo ali no topo da lista.

A Rita Pereira pode ser até muito boa pessoa mas, pelas várias demonstrações públicas, já todos percebemos que não é particularmente iluminada intelectualmente, pelo que não é de estranhar que cometa gaffes relacionadas com iluminação. Não estranharia até que ela achasse que aquelas luzinhas dos aviões que se vêem à noite são estrelas a moverem-se. Parece-me claramente pessoa para isso.

Agora, pior do que isto, imaginem só o espanto quando desligaram as luzes do estádio. Deve ter pensado que era alguma forma de bruxaria.

Carinho

Ursinhos Carinhosos

Benfiquistas, não desesperem mais com os maus resultados e péssimas exibições. Eu fiz uns contactos e fui chamar os meus amigos Ursinhos Carinhosos. Se o Benfica está a precisar de carinho, aqui está a solução.

Abaixo segue uma preview do vídeo motivacional que será dado a jogadores e equipa técnica antes do jogo de hoje contra o Arsenal.

Estou confiante que com isto vamos ganhar facilmente aos ingleses.

Peço desculpa a todos os benfiquistas por não me ter lembrado disto há mais tempo. Se soubesse que bastava isto do carinho, eu já tinha feito este contacto e já tinhamos resolvido isto. Eu assumo as minhas responsabilidades nesta crise do Benfica. Desculpem e tentarei estar mais atento no futuro.

Não há crise!

Não há crise!

Esta crise do Benfica não tem nada a ver comigo, eu não treinava os meus jogadores…

Foi esta uma das declarações marcantes feitas por Jorge Jesus na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Arsenal.

Claramente Jorge Jesus só tem a ver com o período a seguir à eliminação do playoff para a Liga dos Campeões até ao dia das eleições do Benfica. Tudo o resto, antes e depois desse período, ele não tem culpa, como é óbvio. Alguma vez o mestre da táctica, inventor do futebol moderno e visionário na escolha de defesas laterais poderia ter culpa dos maus resultados e péssimo futebol jogado pela equipa? Nunca!

A continuar assim, acredito que, muito em breve, iremos ter mais uma temporada de Não Há Crise!, o programa de apanhados da SIC. Desta vez, com Jorge Jesus como novo apresentador.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub