Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Pausa nas orgias em Cascais

O presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, responsabilizou uma festa privada onde participaram vários jovens do concelho, organizada num clube de luxo em Lisboa, a um surto de COVID-19 registado no concelho.

Neste momento, alguns empresários de Cascais têm de ter ainda mais cuidado com os jovens de classe alta que convidam agora para umas "brincadeiras". Tendo em conta que muitos deles pertencem aos grupos de risco, se calhar é melhor esperar umas semanas até voltarem às orgias.

Cascais, uma cidade onde os empresários investem na juventude

O que é que se passa com os adolescentes de Cascais?

Agora veio a público notícias de um empresário que andou metido com miúdos das classes alta e média-alta. Já antes tinha havido o caso do empresário alemão dos aspiradores que tinha orgias, mas desta vez com as miúdas das classes alta e média-alta.

Acho que como a muita gente da minha geração, desde muito novo, os meus pais sempre me ensinaram a não dar conversa nem aceitar nada de estranhos. Mesmo pensando por mim, com 15, 16 ou 17 anos, não me estou a ver ir para casa de pessoas que não conhecia. É algo que nem sequer me passa pela cabeça como é que alguém já com estas idades se deixa ir nisto.

Pior, é que por algumas informações que vieram a público, tanto num caso como no outro, os jovens passavam a palavras uns aos outros para irem lá brincar com os adultos a troco de dinheiro ou presentes. Isto é quase como ir à pesca e ser o próprio peixe a atirar-se para dentro do barco, só porque sabe que vai ficar gostoso numa caldeirada.

Será que é algum tipo de empreendedorismo que é ensinado em Cascais nas classes mais altas? "Jovem, se na vida queres singrar, com a pilinha do velhinho tens de brincar". Isto é estar a levar o termo "bate-punho" demasiado à letra.

Do que me recordo, quando acabava as aulas, eu ia para casa ou jogar à bola com os amigos, não ia meter-me nas mansões de desconhecidos. Também é verdade que não vivia em Cascais, lá poderá haver mesmo uma ideia diferente. Vai-se a ver e se calhar é por isso que os betos de Cascais têm aquela maneira esquisita de falar.

Bem, isto até pode ser uma oportunidade boa para Cascais tentar atrair mais investimento de empresários para o concelho. Até podem arranjar um lema todo bonito como "Cascais, uma cidade onde os empresários investem na juventude". Nunca se sabe. Há que ver as coisas pelo lado positivo.

Como é óbvio, os empresários, confirmando-se as suspeitas, devem ser condenados, porque eles deveriam ser os adultos responsáveis ali. No entanto, ao mesmo tempo, estas situações levantam várias questões para se pensar.

Será que alguns jovens, mesmo não sofrendo de dificuldades financeiras, ficam tão maravilhados com a oportunidade de receber dinheiro, prendas e de conviver com este meio de luxo que simplesmente não se importam de seguir este caminho? Simplesmente obcecados com a imagem e com os bens que podem possuir? É nisto que certa juventude se está a tornar?

Raios, sinto-me um velho a falar...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub