Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Colocar a boca na trombose

Um alto representante do Agência Europeia do Medicamento confirmou a existência de uma ligação entre a vacina da AstraZeneca e casos de tromboembolismo. Foi um verdadeiro colocar a boca na trombose.

Se os teóricos da conspiração fossem levados pela lógica, isto deveria ser bastante confuso para eles. Como é que as mesmas entidades que, segundo eles, criaram esta "falsa pandemia" e nos querem impingir vacinas para nos controlarem, ao mesmo tempo investiga e toma medidas quando aparecem dados que possam levantar dúvidas nessas mesmas vacinas?

Os próprios governantes dos países não devem ter recebido o último memorando do grupo Bilderberg, do Bill Gates ou lá o que é. Só isso poderia explicar também as diferentes medidas que vão sendo adoptadas por todo o Mundo para a vacina da AstraZeneca. Então não era uma conspiração global em que estavam todos combinados uns com os outros? Estranho. A sorte é que podem dizer tudo o que quiserem sem pensar minimamente, caso contrário dava-lhes um nó no cérebro.

Dito isto, agora temos a suspensão da vacinação com AstraZeneca para a faixa etária abaixo dos 60 anos, mas não levem muito a sério. Como foi a Graça Freitas a anunciar, é sinal que daqui a uns tempos isto vai tudo mudar novamente.

A vacina da AstraZeneca não tem chip

Vacina AstraZeneca

Esta situação da vacina da AstraZeneca faz-me pensar que esta deve ser a única vacina que não tem o chip ou então vem com o chip estragado. Só isso explica os Governos estarem a suspender a sua administração. Pelo menos não estou a ver outra razão válida para quem dizia que iam instalar chips através das vacinas e que estes serviriam para controlar as pessoas.

Se não for esse o caso, então se tomaram a vacina contra a COVID-19 e sentem que estão a perder rede constantemente devem procurar um médico. Podem precisar de actualizar o firmware da vacina.

Nesta polémica não deixa de ter piada uma certa troca de posições que ocorreu nas opiniões das pessoas. Quem antes dizia que a Covid-19 não matava quase ninguém e que morriam sempre pessoas de gripes, agora com a morte de meia dúzia de pessoas possivelmente associadas à vacina, vêm afirmar que as vacinas são perigosas e que não se devem tomar. Por outro lado, quem era excessivamente preocupado com qualquer morte associada à Covid-19, agora diz que é normal haver sempre pessoas que morrem devido a reacções adversas a medicamentos e portanto deve-se continuar a administrar a vacina.

No entanto, uma coisa é certa e penso que ambos os grupos concordam nisto, ter a Graça Freitas a dizer a quem já tomou a vacina da AstraZeneca para ficar tranquilo é meio caminho andado para uma pessoa ficar preocupada.

O tamanho não importa

vacina AstraZeneca/Oxford

A vacina contra a COVID-19 desenvolvida pelo laboratório britânico AstraZeneca e pela Universidade de Oxford tem uma eficácia média de 70,4%, segundo um comunicado divulgado esta segunda-feira.

Face ao números apresentados pelas vacinas da Pfizer/BioNTech ou da Moderna, o laboratório já veio entretanto dizer que não é o tamanho da eficácia que importa, mas o que se faz com ela.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub