Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Melhor comemoração de sempre

Pedro Adão e Silva foi escolhido para comissário executivo das comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, cargo pelo qual vai auferir 4500 euros por mês até 2026. A somar a isso a sua equipa contará com 1 motorista, 1 secretário pessoal, 3 técnicos especialistas, 3 técnicos adjuntos, 4 técnicos superiores em regime mobilidade, 1 equipa de apoio técnico e 1 equipa de apoio administrativo.

Quase 3 anos para planeamento, mais 2 anos de bónus após o ano da comemoração só porque sim e com esta equipa toda, eu não espero nada menos do que a melhor comemoração de todos os tempos. E não me refiro somente ao 25 de Abril. De todas as comemorações. Vamos ter direito a tudo. Acrobacias de aviões, comida e bebida à descrição, acrobatas, elefantes, etc. Até a strippers temos de ter direito. Não espero menos que isso. Temos de ter direito à melhor e maior comemoração de sempre!

Canções trocadas

25 de Abril

25 de Abril sempre! Mas se fosse não fosse ao fim de semana tinha mais piada, porque feriado.

É incrível que só hoje, após uns quantos anos de vida (não vou dizer quantos por motivos de... confidencialidade), é que reparei que não se pode escrever Liberdade sem as letras de Abril. O que significa? Não sei. Será coincidência? Também não sei. Se calhar o MFA pensou inicialmente fazer a revolução em Março, mas chegou lá alguém e disse "Vamos deixar para o mês seguinte, porque Abril e Liberdade fica mais poético." Para quem também nunca tinha reparado nisso fica aqui este meu contributo.

No entanto, não é essa a razão deste meu texto, mas vou fazer aqui uma transição suave. Portanto, letras -> músicas -> canções do 25 de Abril. Muito suave.

Eu não entendo como não trocaram a ordem das canções que serviram como senha para a revolução do 25 de Abril.

Para mim, a "Grândola, Vila Morena" é uma música que, mal começa a tocar, dá logo vontade de sair do quartel, ir fazer uma revolução e tomar de assalto uma rádio para acabar com aquilo. Isso ou cortar os pulsos.

Já a "E Depois Do Adeus" é uma canção que tem muito mais o sentimento de celebração de vitória após mandar uma ditadura abaixo. Não sei, parece totalmente invertido.

Dito isto, ainda bem que tivemos o 25 de Abril para, entre muitas outras coisas bem mais importantes, um Urso poder ter um blog onde pode dizer à vontade o que pensa sobre uma das músicas chave dessa mesma revolução.

Capitães de Abril

A RTP aproveitou este dia para recordar o filme "Capitães de Abril", o que é sempre bom.

Provavelmente o maior filme realizado sobre o feito mais relevante na história recente nacional até ao golo do Éder na final do Europeu, mas em que grande parte do elenco é estrangeiro e por isso tem de ser dobrado em português.

Nada como ver um italiano a fazer de Salgueiro Maia, dobrado pelo João Reis, a dirigir-se a um Ruy de Carvalho de monóculo a interpretar o General Spínola para puxar pelo sentimento do 25 de Abril.

Liberdade

«Lutem, e pode ser que morram. Fujam, e vocês vão viver. Pelo menos por um tempo. E morrendo em suas camas, daqui a muitos anos, vocês vão querer trocar todos esses dias que tiveram por uma chance, só uma chance, de voltar aqui e dizer aos seus inimigos que eles podem tirar nossas vidas, mas não podem tirar nossa liberdade!» - Salgueiro Maia, 25 de Abril de 1974

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2008
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2007
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2006
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2005
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub