Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Fama sem proveito

Ainda gostava de ver um caso de assédio em que uma mulher viesse a público falar que tenha funcionado. É que os casos que aparecem são sempre de um homem que faz valer da sua posição para tentar ter determinados favores sexuais, mas a mulher acaba sempre por resistir ou ter de sair daquele meio para acabar com o assédio de que é alvo. O assédio acaba nunca por funcionar para o assediador.

Não estou com isto a querer diminuir a situação, muito pelo contrário. Quando casos destes acontecem devem ser denunciados sempre que possível, mas, mais importante do que isso, é preciso mudar as mentalidades para que deixem de acontecer. Para além disso, se já é difícil por vezes as vítimas contarem os casos em que não se deixaram levar, quanto mais quando o agressor consegue os seus intentos.

Dito isto, por uma vez não pode aparecer uma mulher a apresentar um testemunho em que o assédio funcionou e com isso ficou com a carreira feita? Algo como: "E ele depois baixou as calças e disse que aquilo não se chupava sozinho. Podia estar aqui a mentir, mas a verdade é que não se chupou mesmo sozinho. Foi péssimo, mas ao mesmo tempo tornou-se a melhor decisão que já fiz pela minha carreira. Nunca mais me faltou trabalho nos anos seguintes".

É que os relatos que aparecem só dão péssima imagem aos homens. Duplamente. São assediadores, mas também nunca acabam por conseguir nada. É ficar com a fama e sem proveito.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub