Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

#AeroportoInternacionalÉderzitoLopes

image[1].aspx

Faz hoje 4 anos que o maior feito da história recente internacional de Portugal foi alcançado. Faz hoje 4 anos que foi o Éder que os f****.

Sinto que falhámos a Éder. Éder sempre foi o patinho feio da selecção nacional e teve aquele momento único em que se tornou num magnífico cisne. Éder conseguiu assim entrar na História de Portugal a pontapé. Éder colocou Portugal na História do futebol. Mas, nós portugueses, falhámos a Éder.

Onde está uma rua com o nome de Éder? Onde está uma estátua a imortalizar o pontapé que humilhou os franceses na sua própria casa? Onde está o feriado dedicado a São Éderzito? Onde? Falhámos a Éder enquanto Nação.

Portanto, face a esta enorme falha, só resta a todos portugueses juntarem-se e fazerem força para que o novo aeroporto de Lisboa seja nomeado em sua honra: Aeroporto Internacional Éderzito Lopes. Querem provar que Portugal não é racista? Esta é a oportunidade. Espalhem pelas redes sociais a hashtag #AeroportoInternacionalÉderzitoLopes. Vamos fazer justiça pelo nosso herói.

O Mundo ao contrário

Ora cá está, Portugal no seu melhor.
Ou então foi tudo propositado e isto é uma mensagem que pode ter várias interpretações:
  • Significa que Portugal está sobre controlo estrangeiro e está a precisar de ajuda.
  • Significa que Portugal está de perna para o ar e como tal a bandeira está na posição correcta. As pessoas é que estão ao contrário.
  • Significa um sinal de protesto contra o fim do feriado do 5 de Outubro.
  • Significa que somos governados por um bando de bestas incompetentes que nem sequer sabem olhar para um bandeira e ver que está ao contrário
  • ...
Já agora fica aqui uma pequena nota sobre o Artigo 332.º do Código Penal, que se refere ao ultraje de símbolos nacionais e regionais.
Quem publicamente, por palavras, gestos ou divulgação de escrito, ou por outro meio de comunicação com o público, ultrajar a República, a Bandeira ou o Hino Nacionais, as armas ou emblemas da soberania portuguesa, ou faltar ao respeito que lhes é devido, é punido com pena de prisão até dois anos ou com pena de multa até 240 dias.
Mas pronto, estamos em Portugal, no pasa nada. Se não é pela merda que fazem todos os dias que são julgados criminalmente, não seria por uma bandeira invertida que o seriam.

O nacionalismo bacoco é algo deprimente

Na sequência de coisas deprimentes que teve início dois posts atrás, mais uma coisa deprimente. O nacionalismo bacoco. Pegando no exemplo que se segue:

Como é óbvio não estou a falar da Jessica Gomes em si, que a meu ver não tem nada de bacoco, muito pelo contrário. Estou claro, a falar da frase «A modelo portuguesa de maior sucesso em todo o mundo...». É incrível como procuramos qualquer coisa que tenha uma mínima ligação a Portugal para nos colarmos a ela e dizermos que somos os maiores.
Jessica Gomes é, de facto, uma das modelos em maior ascensão mundialmente, mas de portuguesa tem muito pouco. Com muita pena minha, Jessica Gomes apenas tem o pai português, mas tem a mãe da Singapura, nasceu na Austrália, não sabe falar português e tem pouca ou nenhuma ligação a Portugal, muito dificilmente pode ser considerada portuguesa.
Há tanta coisa com a qual podemos ter orgulho de Portugal e dos portugueses e é preciso virem com este nacionalismo bacoco.

Uma história gira

«Byakov tem uma história gira. No dia em que fez 25 anos, numa ida a uma discoteca, foi apunhalado quase no coração.» foi a frase dita por Hélder Conduto durante o jogo de futebol que opunha o Cazaquistão a Portugal. Eu também tenho uma história gira para contar. Era uma vez um jornalista chamado Hélder Conduto que é um atrasado mental. Fim.

É isso mesmo Sócrates

«Quero deixar-vos também uma palavra de confiança, confiança em vós, nas vossas famílias e a certeza que cada um de vós dará o seu melhor para um país mais justo, para um país mais pobre... perdão, para um país mais solidário, mais próspero, evoluído», disse o chefe do Governo, corrigindo de imediato a «gafe».
Pois é, lá lhe fugiu a boca para a verdade.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2005
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub