Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Imposição do dever de bom senso

António Costa anunciou ontem após reunião de Conselho de Ministros que as medidas que serão impostas no país a partir de 4 de Novembro. Dever de recolhimento domiciliário, a proibição da realização de celebrações e de outros eventos com mais de cinco pessoas e a obrigatoriedade do teletrabalho serão algumas dessas medidas aplicadas em 121 concelhos do país.

Os portugueses têm o dever de permanência no domicílio, excepto se precisarem de fazer alguma coisa na rua. Como se o bom senso já não ditasse isso.
A grande dúvida agora é como se impõe o dever cívico de recolhimento domiciliário. Vão andar as autoridades a perguntar a cada pessoa o que faz na rua e depois dizer "Olhe, se calhar devia ir para casa, mas se não quiser é consigo"? Teremos interacções com as forças de autoridade deste género?

PSP - Bom dia, cidadão. Sabe que tem o dever cívico de permanência no domicilio?

Cidadão - Bom dia, senhor agente. Sei sim senhor, mas vou almoçar fora.

PSP - Muito bem. E vai almoçar onde?

Cidadão - Ainda não sei bem, mas se tudo correr bem será em Bragança.

PSP - Pode seguir então e tenha uma boa viagem.

Eu sei que as forças de autoridade estão a adorar fazer estas operações STOP em todo o lado nos últimos dias, é uma espécie de sonho molhado estar num sítio parados a chatear as pessoas sem necessidade, mas isto já é levar esse sonho molhado a outro nível.

Tendo em conta que o turismo consiste basicamente em andar a passear de um lado para o outro, se percebi bem esta medida, a ideia é matar o turismo em Portugal definitivamente, certo? O António Costa deceidiu que vai levar o turismo para trás de um barracão e dar-lhe dois tiros.

Isto a não ser que o Governo tenha descoberto um novo tipo de turismo. Um turismo que consista em descobrir o interior de casas. Só acho que seria de bom tom avisar os estrangeiros que vêm para cá, assim que metem os pés no aeroporto, desse novo turismo.

Outra medida bastante interessante é a proibição da realização de feiras e mercados de levante. Fazer compras num espaço fechado? Tudo bem. Fazer compras num espaço ao ar livre? Inadmissível. Claramente faz total sentido... Bem, pelo menos para quem decide as medidas.

Excelente seria que o Governo conseguisse impor o dever de bom senso a todos. Inclusive para si próprio.

Pág. 3/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub