Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Do que melhor se diz sobre o aborto

  • ... as mulheres fazem-no em péssimas condições, pondo em risco a vida dela própria e do bebé.
  • (…) nunca lhe ocorreu que às vezes há quem vá para a cama com os copos?
  • Um ovo não é igual a um pinto, um ovo não tem os mesmos direitos do que um frango
  • Já imaginaram a miséria que é ter um filho porque não se teve dinheiro para pagar um aborto?
  • claro que não, imaginem que anos mais tarde a mãe teria outro filho, e ele viesse a saber que em anos anteriores a mãe tinha feito um aborto...ele pensa logo "eu podia nem existir, a minha mãe não me fez com amor"
  • uma cultura abortista, em que este passa a ser uma coisa normal, como um telemóvel
  • A França elegeu 2007 como ano de luta conta o Alzheimer e nós escolhemos o aborto?
  • Se eu quiser abortar não é um cínico como o Marcelo que me vai impedir! Abortarei as vezes que forem precisas... 10, 20, 100 vezes? Ninguém tem que mandar em mim!
  • ok,faz 10,20,faz os abortos que quiseres,e já agora aproveita e faz um aborto a ti propria!!!
  • Se eu tivesse que abortar 10 vezes seguidas fazia-o sem o mínimo peso de consciência! Além do mais não serias tu a proibir-me! Faz-te Homem e olha para ti abaixo!
  • legalizem mas é as putas... essas sim deviam ser legalizadas. um gajo quer ir ás putas e elas tão todas porcas e cheias de doenças.
  • Um feto de 10 semanas não tem direito a um funeral religioso.
  • (o feto de dez semanas) “é uma coisa humana”
  • Pensem entre o hospital e um merda atirada pela sanita abaixo.
  • (…) um ser nasce quando nasce, não antes
  • Como consentiste que me cortassem aos bocados, me atirassem para um balde?
  • Pode haver fileira de utilização... de utilização... do.. da... de... de... das matérias fetais. Pode! Pode!
  • Na barriga da mulher grávida não está nenhuma criança. Ela está na tua cabeça. Ou na cabeça da mãe. Se está na cabeça da mãe, ela está na barriga, existe mesmo de verdade, merece todo o amor e protecção. Mas se só está na tua cabeça, e não na dela, não está na barriga da mãe. É verdade, o que temos na nossa cabeça existe mesmo, é real. Mas não tens o direito de plantar as criaturas da tua cabeça na barriga duma mulher sem o seu consentimento.

Mais um pratinho de morangos!

Vim "cascar" no programa televisivo mais visto da tarde. A seguir ao campeonato de dardos da Eurosport.

Eu sei que não sou o primeiro, e ainda menos o mais engraçado.

Seguimos então ao suminho. As coisas da piadola.

Primeiro que tudo: a qualidade das paredes de qualquer edifício. Perfeitamente plausíveis e nada com ar de tombarem ao mínimo sopro. O lobo mau deve ter sonhos molhados com a fragilidade da construção.

Segue-se Júlio César. Nada mais que isto. Para mim é o suficiente para esboçar um sorriso e ter comichão por dentro. Melhor nome de sempre? Sim, se ele fosse o próprio. A sua representação é óptima. Comparo-o muitas vezes a personagens mauzões do wrestling. Tem o mesmo talento.

Palavras feias. "Ai, caramba! Me fazes mesmo irritado Rui! Chiça!". Ultimamente tenho visto a mítica série Médico de Família. Eles diziam RESMAS de asneiras. Merda para aqui, filho-da-puta para ali. Mas temos de nos lembrar que nessa altura, todos os miúdos eram mauzões. Porque viam essa série e era...vá, realista. QUE DIABO!

Para além da porcaria da porta que se dobra toda no jornal em que uns pais trabalham, o que mais gosto é o tema-controverso-temos-de-focar-isto-para-fazermos-serviço-público-mas-
-repara-isto-é-a-TVI-não-podemos-fazer-serviço-público desta série. Não é droga. Não é gravidez em adolescentes. Não é alguém de Viana do Castelo. É um puto hiperactivo!

Mas, bolas! Isso é altamente importante! Imagino a excitação das reuniões dos guionistas da série.

"Então malta, esse Q.I.? Sempre baixo?"

"Sabes que sim, ó Morgado!"

"Pessoal, temos prime-time. De que é que falamos?"

"Hmm, tive uma ideia. Podíamos tentar explicar um pouco à criançada os problemas actuais, como racismo, a cada vez maior incidência de abortos clandestinos e também..."

"Que mer... Que raio é isso?! Ouçam: hiperactividade num puto de 7 anos!"

"EIAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!"

E assim foi. Uma vítima da sociedade. Um excluído. Nada comparado com os vidas-facilitadas dos miúdos recatados e com problemas de auto-estima! Um miúdo que salta e tem energia o dia todo, esse sim! Merece toda a nossa compaixão.

E é assim a série. Aulas e mais aulas de muita matéria e um miúdo excluído pensando para si:

"Olhem para mim: padeço de um problema do foro psicológico! Sou hiperactivo. Haha! Sim, não consigo permanecer quieto um segundo que seja. Irra! Já sinto vontade de mostrar o meu problema à sociedade, saltando por cima de objectos e atirando utensílios de cozinha para cima de vós! Cuidem de mim!"

Até à próxima.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D