Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Urso Tobias

Tobias, or not Tobias, that is the question. Divagações de um urso.

Grissom vs. Caine



Quando alguém dedica algumas horas por semana a assistir a duas séries de televisão como o CSI (Las Vegas) e o CSI: Miami, a comparação entre as duas séries torna-se algo de inevitável, a qual leva à conclusão de que qualquer semelhança entre ambas, para além do nome, é pura coincidência. É o mesmo que comparar a noite com o dia, literalmente neste caso. Como uma comparação entre as séries seria algo de extremamente enfastiante, decidi focalizar-me no seu aspecto mais interessante e evidente, os protagonistas, Gil Grissom e Horatio Caine.

Quando pensamos em CSI (Las Vegas), o nome de Gil Grissom surge de imediato. Investigador sénior da unidade forense de Las Vegas, Grissom é um indivíduo sombrio, que não gosta de dar muito nas vistas, que não está ali para a fotografia, mas sim para bem da ciência forense, o que não o impede de mostrar o seu charme natural de uma forma espontânea. Cientista especializado no estudo de insectos, Gil "The Bug Guy" Grissom não deixa que a tarefa de desvendar cada caso gire em torno da sua pessoa, pois além de ser um líder respeitado, não se limita a distribuir tarefas pelos seus colegas de equipa, gosta de tomar a iniciativa e participar activamente na análise de provas e cenas de crime. A sua introversão reflecte-se na dificuldade em manter relações pessoais, não sendo capaz de assumir os sentimentos que possui por Teri Miller, Catherine Willows ou Sara Sidle, quer pelo seu feitio, quer pelo facto de as condições ambientais não propiciarem qualquer acontecimento dessa natureza.

De Las Vegas, Califórnia, vamos para Miami, Flórida, onde o chefe de operações, no que diz respeito à unidade de investigação criminal, é Horatio Caine. Antigo membro da "brigada de minas e armadilhas" da cidade, Caine é um homem amargurado pelo sentimento de culpa da morte do irmão numa operação de desarmamento de uma bomba. Tal sentimento é talvez a razão pela qual Caine insiste em levar as suas investigações até às últimas consequências, mesmo que tal implique algumas ameaças feitas aos suspeitos quando as coisas estão a "dar para o torto". Figura central da série, Horatio Caine faz questão de se mostrar como tal, limitando-se, muitas das vezes, a dar ordens aos seus colegas de equipa e a tomar, mesmo assim, uma posição de destaque a nível de aparência. Este aspecto culmina em cenas fulcrais como o colocar dos óculos escuros na cara enquanto mantém uma posição firme e olhar fixo no vazio, numa tentativa de alcance de algum estilo, como se estivesse sempre à espera de um flash a ele apontado. Embora seja de carácter mais "explosivo", Horatio também não assume com facilidade os seus sentimentos por quem a ele se encontra mais chegado, a sua cunhada, viúva do seu irmão, pois a memória daquele, bem como as condições trágicas da sua morte, impedem-no de a ver a partir de outro ponto de vista.

Em conclusão, posso dizer que considero o protagonista de CSI (Las Vegas) aquele que melhor se encaixa na natureza original da série. Talvez em grande parte devido ao facto de Caine pertencer ao turno do dia e Grissom ao turno da noite, o que contribui para o ambiente geral da série, é o último quem sai beneficiado, contrastando com uma abordagem algo banal do mesmo tema feita em CSI: Miami, onde figura o tradicional e já visto polícia justiceiro.

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub